Destaques 2019


A entrada em um espetáculo quase sempre é antecipada por um gole de café. Virou uma espécie de ritual de preparação. Encontrar pessoas, conversar sobre as coisas, expectativas ao que assistiremos, trocar informações. Então foram algumas centenas de doses em 2019, tomados em teatros espalhados pelo Brasil e outros cantos. Pois assistimos 194 espetáculos de teatro, dança e performance. Não diferenciamos as linguagens há anos, isso não faz mais qualquer sentido. Também esqueça a ideia de premiação, é tão velha quanto, além do sentido de algo ser melhor do que algo em arte ser quase inapropriado. Preferimos estratégias mais humanas. Olhamos em retrospectiva ao percurso que fizemos para perceber nele quais espetáculos ainda existem profundamente como experiências, quais continuam na memória. Não são destaques sobre a produção imediata de agora. São os nossos destaques. A partir de nossos encontros com as obras. Cada um terá o seu, e isso é o mágico e divertido nessas listas. Em 2019, chegamos a 12 espetáculos que nos surpreenderam e inquietaram. Aqui expressamos nosso agradecimento a cada artista envolvido. Vocês tornaram o ano mais possível oferecendo sonhos, poesias, imaginações, reflexões, críticas, descobertas, invenções, sentimentos, emoções, ideias, convites. Trouxeram possibilidades e estratégias para olharmos à realidade de formas diferentes para seguirmos adiante. Por isso, nosso muito obrigado! Que venha 2020. Estaremos aguardando a todos com xícaras de café quente em mãos e uma imensa vontade de mudarmos o mundo juntos. Evoé!

__ aCORdo: Alice Ripoll / Cia. REC

__ Apenas o fim do mundo: Grupo Magiluth

__ A X I O M A . 8 : Mirella Brandi e Muep Etmo

__ Compaixão. A História da Metralhadora: Milo Rau

__ Dream is the dreamer: Catarina Miranda

__ dZikudZikui-aBiku-aBiikus: Va-Bene Elikem Fiatsi

__ Envelhecer-me trava?: Aretha Sadick e Ave Terrena

__ First Love: Marco D’Agostin

__ Mágica de Verdade: Tim Etchells / Forced Entertainment

__ Minor Matter: Ligia Lewis

__ O agora que demora – Nossa Odisséia II: Chris Jatahy

__ Parasomnia: Patrícia Portela

@antropositivo

www.antropositivo.com.br

Editores:

Ruy Filho

Pat Cividanes