Sem título | Sakiko Yamaoka

November 16, 2016

 

 

 

 

 

de Sakiko Yamaoka

Praça das Artes | SP | 15/11/16

 

 

 

Uma bandeja no centro de uma mesa retangular com quatro cadeiras dispostas uma em cada  um dos quatro lados. Os três blocos de manteiga estão empilhados. A matéria transpira. Quase é possível sentir que respira. De sólido um dia vai virar líquido. Uma mulher impõe as mãos sobre aquele bloco de manteiga. Ela quer acelerar os processos. A vigília da manteiga. Não se pode deixá-la sozinha. Ela quer ser observada, até por isso está exposta. Quer se deixar. As mudanças de estados acontecem a partir da ação do ambiente. E isso está sujeito às mais diversas intempéries. Tem algo de estar exposto, mas longe de ser inerte. Quando liquefeita não servirá a nada. Nem mesmo para acompanhar uma bolacha. É curioso como o estado das coisas pode determinar sua função no mundo. Quais as formas que você assume a depender do ambiente onde está? O estado das coisas – e das pessoas, que, em última análise, também podem ser coisas – é modificado pelo ambiente. Em alguns casos, numa relação inexorável. Em outros tantos, há que resistir. Mas quais as possibilidades de resistir às mudanças provocadas pelo ambiente e informações externas? O quanto você pode se manter incólume à essas forças?

 

#brasilperformance #perfor7 #perfor7como #perfor7napraça

Foto Maria Teresa Cruz

Tags:

Please reload