direção: Ntando Cele

Se não houvesse pele, que limite seria imposto para diferenciar os corpos? Se não houvesse pele, o que inventariamos para discriminar uns aos outros? A cor dos olhos? Ops, o azul é rei. A ironia e o humor são arrebatadoras quando em vez de rir do ou...

21 Mar 2017

direção: Guillermo Calderón

Como na vida, a tentativa de retomar algo precioso converteu-se na destruição do objeto valioso. A terceira-morte-não-intencional-de -Mateluna dá-se, mais uma vez, como elaboração cega do que este significa, é e produziu enquanto discurso. Co...

19 Mar 2017

direção: Eugênio Lima

É proposto um jogo de montar estruturas cênicas e parti-las com canto, dança ou enfrentamento. Vemos um coro narrar as cenas como vultos imateriais de vozes que surgem e sobrevoam o projeto de descolonizar para , após o confronto com valores cultur...

direção: Lia Rodrigues

Inevitável não levantar questões estéticas, mas principalmente éticas de “Para que o céu não caia” da Lia Rodrigues Cia. de Danças. Nele, um é sempre bando, a força está no coletivo. Mesmo com coreografias em uníssono, a individualidade se destaca...

direção: Alexandre Dal Farra e Janaina Leite

A plateia visivelmente incomodada durante e ao fim da peça revela algo sobre a experiência do cheiro do formol. Talvez tenha sido a forma, em parte em diálogos de um "Beckett da série C" (e me refiro as questões desses diálog...

direção: Rabih Mroué

Após violência, o protagonista deixa de distinguir realidade e representação. O mesmo, talvez enquanto procedimento, acontece com a peça que busca comentar, desdobrar e investigar uma lesão cerebral e seus efeitos. O performer persegue uma trilha de...

direção: Susanne Kennedy

O melodrama tipicamente revelado como um sistema de excessos, em que a representação sustenta a existência de todos os personagens, está sobremaneira inscrito em "Por que o Sr. R. enlouqueceu?", e como elemento notório, mais do que sentir, inter...

direção: Rabih Mroué

Que lugar "Revolução em Pixels" destina ao espectador? Não há como negar a importância do registro audiovisual de manifestações como instrumento para mobilização. Em tempo real, ele toma uma dimensão ainda mais profunda. O "ao vivo" alarga a impress...

les ballets C de la B

direção: Frank Van Laecke, Alain Platel e Steven Prengels

C de la BThe show must go on. A dor acumulada, a vida amorfinada, os pés de pé calados, show must go on. Toque de cor. Sempre toque de cor. A regra fluída, vir e ver do coração, vejam só tamb...

direção: Rabih Mroué

Governos criam facções. Ficções. E estórias. Histórias. Sem a preocupação verossímil, exceto em queima de arquivo. Mas há uma memória que se queima em cada troca de bandeira, estátua ou nome de praça. Uma memória que se dilui como fotografia de tint...

24 Mar 2016

#CríticaDentro

 

Ensaio crítico realizado durante (e somente)

a apresentação de 17 de março de 2016

do espetáculo de Felipe Hirsch & Ultralíricos,

no Sesc Consolação - Teatro Anchieta/SP,

por Ruy Filho

 

Ensaio fotográfico e artes gráficas:

Patrícia Cividanes

 

 

 

Please reload

percurso
Please reload

Procurar por tags